Você prefere ver desfiles de moda on-line ou pessoalmente?

Você prefere ver desfiles de moda on-line ou pessoalmente?
(Ilustração por Blouin ARTINFO (fotografias da passarela cedidas por GettyImages) )

 

Com a miríade de desfiles e apresentações que acontecem a cada dia durante a semana de moda (uma contagem recente totalizou 35, em Nova York), editores, compradores, executivos de varejo, blogueiros e escritores estão descobrindo que é quase impossível ver todas as coleções que lhes interessam. Some-se a isso acorreria cidade afora, de local para local, as longas esperas, e as enormes multidões, e uma alternativa a assistir os desfiles pessoalmente soa bastante interessante. É por isso que agência de produção e relações públicas para a área de moda KCD apresentou o que eles estão chamando de “desfiles de moda digitais”.

 


Ao contrário do streaming ao vivo, os desfiles de moda digitais permitem aos espectadores, que precisam ser previamente convidados, revisitar e rever desfiles depois que eles são apresentados. Os visitantes também obtêm informações detalhadas que vão desde a biografia e fontes de inspiração do designer até descrições de looks de beleza. O primeiro show no site da coleção será a coleção de estreia no ICB de Prabal Gurung para Onward Kashiyama, em 15 de fevereiro. “Esta experiência on-line irá reproduzir a pureza de um desfile ao vivo”, disse o copresidente da KCD Ed Filipowski em um comunicado. “A única coisa que não está incluída é a taça de champanhe. Traga a sua própria taça”.


Como os desfiles de moda digitais funcionam, comparados à experiência de assistir a um desfile em pessoa? Abaixo, os prós e contras:


Tempo de viagem

Em pessoa: Dependendo da possibilidade de caminhar ou pegar metrô, táxi ou carro de serviço, saindo de sua casa, escritório, ou hotel, pode variar de cinco minutos a uma hora.
Desfile digital: Esqueça o tempo de viagem, nesta plataforma. Os desfiles podem ser vistos no seu computador, tablet ou iPhone, no conforto do seu próprio homeoffice.


Tempo de espera
Em pessoa: Desfiles nunca começam no horário marcado. Conte com uma espera de cerca de 30 minutos ou mais. Alguns estilistas, como Marc Jacobs, são famosos por terem feito o público esperar por até uma hora.
Desfile digital: Os desfiles são pré-gravados, por isso não há necessidade de esperar por nada.

 

Nível de conforto

Em pessoa: Os assentos podem ser apertados, pequenos e instáveis– isso, se você conseguir um. Nodesfile de primavera/verão 2012 de Balenciaga, os assentos literalmente desmoronaram.
Desfile digital: Assista em sua mesa – ou na sua cama.


Trajes

Em pessoa: a maioria se veste com esmero para atrair os fotógrafos de streetstyle que ficam na saída dos desfiles.
Desfile digital: Pijamas?


Ângulo de visão

Em pessoa: A primeira fila é reservada para celebridades, socialites e para os principais editores e críticos. Depois disso, as atribuições de assento são ditadas pelo seu grau na hierarquia da moda: quanto mais baixo, mais para trás.
Desfile digital: Todos os ângulos são próximos e pessoais.


Trilha sonora

Em pessoa: Designers costumam contratar os DJs e produtores do momento – como, por exemplo, Misshapes, SwizzBeatz e Samantha Ronson – para fazer o fundo musical.
Desfile digital: “Não espere um formato de vídeo clipe, ou sinos e assobios estranhos”, diz o releaseda KCD.


Avistamento de celebridades

Em pessoa: Dependendo do desfile, pode-se obter um vislumbre de todos, de astros e estrelas de cinema classe A, a subcelebridades classe Z de realityshows televisivos.
Desfile digital:Todas as que conseguir convencer a acompanhá-lo.


Andamento dos desfiles

Em pessoa:Varia a cada caso, mas geralmente um folheto é entregue com os nomes dos modelos e especificação dos tecidos utilizados em cada look, além de uma sinopse da inspiração do designer.
Desfile digital: Você será capaz de ver cada detalhe da coleção.


O Veredicto

Tudo depende do que você espera vivenciar ao ver uma coleção. Se é a emoção de estar próximo de espectadores fenomenais, de ver o movimento das roupas, ou da exclusividade que assistir a um desfile de moda de perto tem para oferecer, então, obviamente, estar lá em pessoa é uma aposta melhor. Mas, para aqueles que simplesmente querem ver as roupas propriamente ditas e aprender tudo sobre elas, a experiência on-line parece ser bem completa. Claro, você tem que ser um dos poucos e seletos insiders – imprensa de moda, compradores e executivos do varejo – que são de fato convidados.

[content:shareblock]